The Stana Times

Squad

Agnes

Paulista, cearense e baiana. Admiradora oficial de mulheres inteligentes e independentes, como Stana Katic. Viciada em séries, livros e sonecas. Stana ganhou o meu amor no primeiro episódio de Castle, enquanto a série só o ganhou no nono. Sou movida a café e a vontade de viajar. Rujo, sou destemida e caço meus sonhos.

Betina

Gaúcha de nascimento, do mundo por paixão. Louca por séries e cultura pop em geral – inclua-se aí todos os clichês pops possíveis. Sofro da terrível Wanderlust, movida pelo hino “Circle of Life” do Rei Leão porque né, “there’s more to see than can ever be seen, more to do than can ever be done”. Aprendi a tomar café assistindo Gilmore Girls, e desde então cultivo esse vício. Descobri a Stana sem querer, e, por querer, escolhi tê-la como “role model”, a vi apenas de longe, mas acredito com toda a minha fé que um dia a verei de perto. Enquanto isso não chega, continuo, de longe, da pontinha do Brasil, admirando essa baita atriz e pessoa.

Juliana

Paulistana que adora colocar mais uma série na grade mesmo que já tenha várias atrasadas. Numa dessas, acabou descobrindo um amor que julgava não ser possível pela atriz digna de Emmy, Stana Katic (e Castle, que ocupa um lugarzinho especial no coração). Sou leitora nas horas vagas, procrastinadora profissional e um container andante de menes, que sai por aí atirando um por vez. Mas é aquele ditado: vamos fazer o que né? Se eu for, eu vou.

Tata

Paulistana de nascimento, paulista de criação e gaúcha de momento. Tempo livre é ilusão, mas o dom de dormir pouco e continuar produtiva abre espaço para a diversão. Stana Katic é minha maior inspiração. Descobri uma paixão descomunal por essa mulher ao vê-la interpretando Beckett, uma personagem forte e com falhas tão humanas que a fazem real. Comparada à Beckett pela própria mãe, decidi que queria ser mais do que quem sou. Tenho vícios em outras séries e sou enlouquecida por livros, fotografia e cães. Dizem que sou uma extraterrestre. Tenho necessidade de ser independente e livre, além disso, adoro viajar e, se pudesse, viveria pelo mundo.

O começo

O The Stana Times surgiu de uma brincadeira com a hashtag Sociedade Stanense. Nosso parceiro, o fansite Stana Katic Brasil, fez um post solicitando a retirada e a não divulgação de algumas fotos do filme Sister Cities, e a Tata retuitou utilizando a hastag Sociedade Stanense, como uma forma divertida de chamar a atenção ao que foi pedido e assim, ajudar o SKBr.

A hashtag ganhou a atenção da Agnes, que apontou o quanto aquilo parecia manchete de jornal. Foi então que a brincadeira começou, as duas começaram a jogar nomes de jornais famosos com Stana no meio, slogans criativos e novas manchetes.


Outra futura integrante do TST, a Juliana, chegou chegando com o logo The Stana Times, e nos conquistou. O papo passou a ficar sério e a Betina entrou querendo muito participar e disposta a ajudar em qualquer coisa que fosse, só não queria ficar de fora.


Após longas conversas no Twitter e conselhos da Gabs (SKBr), o jornal começou a tomar forma e se tornou um projeto real em 8 de Novembro de 2015. E logo após ser lançado, recebemos de “presente”, da Adriana Jucá (talvez nossa fã numero 1?), nosso slogan: Um informativo é apenas um informativo, um jornal é The Stana Times.

O jornal

A intenção é compartilhar informações sobre a atriz Stana Katic e sobre o seu fandom de uma maneira diferente da já disponibilizada pelos fansites existentes e pelo site oficial da atriz. As notícias publicadas não serão necessarimente atuais, e podem ter conteúdos indiretamente relacionados com a atriz.

O The Stana Times possui dois formatos:

TSTexpress, uma versão curta e semanal do TST, onde você pode encontrar um pouco do que aconteceu durante a semana, algum destaque da carreira da Stana Katic, indicação de fanfic e a citação semanal. E, na seção #SociedadeStanense, divulgamos as datas finais para o envio das mensagens para Stana, que serão publicadas na edição mensal. O TSTexpress é publicado aos domingos, às 15h (horário de Brasília) em nossos perfis do Twitter e Facebook.

TST é a versão extendida e mensal do jornal. Nele você encontra os principais acontecimentos envolvendo a Stana nas redes sociais; avisos importantes para nós, fãs; detalhes dos projetos e das viagens; resenhas sobre as indicações de filmes, livros, músicas e séries; além de uma sessão especiamente separada para compartilhar mensagens, curiosidades sobre a Stana e conteúdos artísticos feitos pelos fãs, com um obituário destinado aos que foram mencionados (mortos) pela atriz no mês referido. No TST tem ainda eventuais entrevistas. As publicações ocorrem no último dia de cada mês.

Vocês também podem participar desse projeto enviando suas ideias, suas sujestões, sua fã arte e sua mensagem para Stana através das nossas redes sociais - Twitter: @TheStanaTimes & Facebook: The Stana Times - nosso email: admin@thestanatimes.com, ou pelo próprio site.

Nota: Nós não possuímos qualquer tipo de contato com a Stana ou com sua equipe, seus produtores e seus projetos. Esse é apenas um jornal criado por fãs com objetivo de entreter outros fãs e de enaltecer o trabalho da nossa diva master, Stana Katic. Nos propomos a respeitar a vida privada da atriz e, assim, qualquer conteúdo aqui publicado não será invasivo ou particular. Fotos de paparazzi estão proibidas por aqui. Caso você se sinta prejudicado com alguma postagem ou foto não creditada, por favor entre em contanto conosco, que teremos o prazer de remover o conteúdo ou dar o devido crédito se você assim preferir.